Como evitar a gravidez sem tomar pílula usando o DIU hormonal

O Diu é um Dispositivo Intrauterino também conhecido como DIU HORMONAL, que é colocado dentro do útero, onde libera um hormônio do tipo progestogênio com o objetivo da contracepção (evitar a gravidez), além de tratar alguns tipos de sangramento uterino abundante ou anormal. Uma outra indicação do Diu hormonal é a de proteger o endométrio (camada interna do útero) durante a terapia de reposição hormonal com estrogênios, na menopausa.

Sua ação e efeito portanto é local, praticamente não interferindo com o restante do organismo, quando comparado aos métodos contraceptivos hormonais de efeito sistêmico, ou seja, que agem em todo o corpo.

É um método contraceptivo de longa duração, age por 5 anos, totalmente reversível e com altíssimo nível de eficácia. As taxas de expulsão do DIU são baixas.

Como o Diu hormonal age?

Seu mecanismo de ação se dá pela alteração do muco do colo uterino, tornando-o espesso e hostil à penetração do espermatozóide, inibindo a sua motilidade no colo, no endométrio e nas tubas uterinas (semelhante efeito espermicida), deste modo prevenindo a fertilização. O hormônio progestágeno também tem forte efeito antiproliferativo no endométrio conferindo o efeito contraceptivo além da redução importante do fluxo menstrual e até mesmo a ausência da menstruação.

Qual é o efeito do DIU hormonal sobre a menstruação?

Durante um período de 3 a 6 meses com a adaptação ao uso do DIU hormonal, o seu ciclo menstrual poderá se tornar irregular ou ocorrer escapes, leve sangramento pela vagina. Após seu corpo se ajustar, haverá uma redução progressiva do número de dias de sangramento menstrual podendo até cessar totalmente a menstruação em aproximadamente 50% das usuárias de Diu hormonal enquanto for utilizado, por até 5 anos. Isso não será prejudicial ao seu corpo, pelo contrário, este efeito benéfico do DIU hormonal é desejável em um grande número de mulheres que tem problemas e desconforto menstrual.

Leia  Entenda as etapas do parto normal

Quais são os efeitos colaterais do Diu hormonal?

O Diu hormonal contém hormônio que é liberado dentro do útero em baixas doses. Os efeitos colaterais adversos são leves ou ausentes na maioria das mulheres. Pode existir um período chamado de adaptação que na maioria das vezes dura de 3 a 4 meses, até 6 meses. Neste período podem ocorrer distúrbios menstruais, dores de cabeça, alterações da pele (acne), leve dor nas mamas, alteração da secreção vaginal. Na maioria dos casos, os sintomas de adaptação são leves e de curta duração.

Quais as vantagens adicionais de usar o Diu hormonal?

Devido à ação local do DIU hormonal, com efeito local sobre o endométrio, leva progressivamente à diminuição ou à ausência da menstruação, com outros benefícios, além de menos efeitos colaterais, entre eles: previne ou melhora a anemia, é eficaz para tratamento do sangramento menstrual aumentado e para tratamento da cólica menstrual, traz melhora dos sintomas e do padrão menstrual em mulheres com endometriose e miomas uterinos.

O DIU hormonal pode ser usado durante a amamentação?

Sim. O Diu hormonal pode ser utilizado durante todo o período de lactação, sem problema, pois o seu hormônio não interfere com a amamentação, tendo elevada eficácia contraceptiva além de poder prolongar a ausência da menstruação pela lactação durante o seu tempo de uso, por até 5 anos,

Como é o procedimento para a inserção ou retirada do DIU hormonal?

Em geral, o procedimento para a inserção do DIU hormonal é bem tolerado, feito no consultório médico e dura poucos minutos. Pode ocorrer leve sensação de desconforto na região inferior do abdômen, tipo cólica menstrual. Você poderá tomar medicamento receitado pelo seu médico para aliviar estes sintomas. O Diu hormonal deve ser colocado durante a menstruação, com exceção no período da lactação.

Ilustração de um Diu inserido dentro do útero

Qual a eficácia do DIU hormonal?

A eficácia contraceptiva do DIU hormonal tem inicio logo após a sua inserção. Ele é um método anticoncepcional de longa duração, reversível e considerado um dos mais eficazes, junto com o Implante hormonal subdérmico, apresentando segurança contraceptiva semelhante aos métodos cirúrgicos definitivos irreversíveis sendo mais eficaz até que a Ligadura das tubas uterinas na mulher.

Leia  Qual Método Contraceptivo é mais eficaz?

O DIU hormonal tem cobertura pelo convênio?

Sim. Os planos de saúde têm a obrigação de cobrir a colocação do DIU hormonal com seu médico, ou indicar alguém que o faça pelo convênio. Os planos devem reembolsar o valor da compra do DIU, caso não o forneçam, assim como os honorários médicos para a inserção de acordo com seu plano de saúde contratado.

Se gostou, compartilhe!
Exclusivo para agendar consultas!