Você já vacinou seus filhos contra o vírus HPV?

A vacina contra o HPV vírus protege contra o câncer do colo do útero e do pênis, que na maioria dos casos, são provocadas pelo HPV (vírus do papiloma humano). A infecção provocada pelo vírus ataca, especialmente, as mucosas oral, genital e anal. O HPV também está relacionado com cânceres de boca, garganta e ânus

Como é transmitido o vírus HPV?

A infecção é TRANSMITIDA SEXUALMENTE ou por contato pele a pele. Praticamente todas as pessoas com vida sexual ativa poderão ter contato com o vírus HPV ao longo da vida. Além do câncer do colo do útero, mais de 90% dos casos de CÂNCER ANAL e 63% dos CÂNCERES DE PÊNIS são atribuíveis à infecção pelo HPV, principalmente pelo subtipo 16.
LEVE seu filho ADOLESCENTE para se VACINAR! 

Quanto mais precocemente eles se vacinarem, mais eles têm a oportunidade de criar um nível elevado de proteção, porque os estudos mostram que aplicada na adolescência ela vai produzir quatro vezes MAIS ANTICORPOS que na população adulta.

Desde 2014, o Ministério da Saúde DISPONIBILIZA a VACINA contra o HPV no Sistema Único de Saúde (SUS) com o objetivo de evitar a expansão do vírus no país. A rotina de uso desta vacina no público-alvo, que é MENINAS com idade entre 9 e 14 anos e MENINOS de 11 a 14 anos, deve ser mantida com duas doses, sendo aplicada com intervalo de seis meses entre elas.

É a primeira vacina capaz de PREVENIR o CÂNCER! As doses da vacina são oferecidas pelo Ministério da Saúde durante todo o ano. Tanto a VACINA contra o HPV quanto as demais previstas na caderneta de vacinação estão disponíveis GRATUITAMENTE nas salas de vacinação, localizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de todo o país.

Leia  Qual a quantidade de água que devemos beber todo dia?

Importância do Diálogo e a Prevenção

O Centro Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (CIIC) vinculado à Organização Mundial da Saúde (OMS), reforçou que a VACINA contra o HPV é SEGURA e INDISPENSÁVEL para eliminar o câncer de colo do útero. O centro alertou ainda que  rumores infundados, que circulam em forma de FAKE NEWS, são um grande empecilho para o aumento das coberturas vacinais.

No Brasil, o câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente entre as mulheres, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer, segundo, o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Foram 16,3 mil novos casos no ano passado e 5,7 mil mortes.

A vacina contra o HPV é SEGURA para prevenir o câncer de colo do útero e só é administrada na ADOLESCÊNCIA 

FALAR sobre este assunto com os filhos é uma obrigação dos pais assim como o fato deles receberem a vacina NÃO vai estimular a prática de sexo mas sim protegê-los futuramente de modo eficaz!

É claro que a VACINA protege apenas contra infecção do vírus HPV e devemos orientar os filhos para quando iniciarem sua vida sexual a se PROTEGEREM também contra outros tipos de DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis, além da GRAVIDEZ indesejada. Para isso é necessário o uso de preservativo masculino ou feminino como proteção.

Recomenda-se sempre estar ao lado dos filhos num relacionamento com diálogo aberto, franco, proveitoso e sem pré julgamento. Faça seu papel.

Se gostou, compartilhe!
Exclusivo para agendar consultas!